Governo de SP fecha shoppings centers e academias até 30 de abril

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2020 13h07 - Atualizado em 18/03/2020 14h07
FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDOO governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recomendou nesta quarta-feira (18) o fechamento de todos os shoppings centers da região metropolitana da capital paulista. A medida visa conter a propagação do novo coronavírus e vale até o dia 30 de abril.

Em nota, a Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen, esclareceu que trata-se de uma recomendação, e não de uma determinação.

Além dos shoppings, academias de ginásticas também terão funcionamento suspendido. As unidades terão até o domingo (22) para fechar as portas.

A decisão, que não se aplica a shoppings do interior e do litoral, foi amplamente dialogada com as autoridades responsáveis pelos setores, de acordo com o governador.

Segundo Patrícia, a prioridade no momento é evitar aglomerações nas regiões metropolitanas de São Paulo onde estão as principais ocorrências da doença.

Além do fechamento dos shoppings e academias de ginástica, o governo de São Paulo, também está restringindo o funcionamento do Poupa Tempo, dando prioridade para serviços online, e suspendeu a partir da próxima segunda-feira (23) as aulas em toda rede pública.

A medida também tem como objetivo diminuir a chance de propagação da doença entre os alunos e reduzir o número de pessoas utilizando os transportes públicos, evitando aglomerações.

Casos

Até o momento, o estado de São Paulo tem 196 casos confirmados do novo coronavírus. Segundo o secretário da Saúde do Estado de São Paulo, José Henrique Germann, todos os pacientes estão sendo acompanhados, assim como os seus familiares.

Ainda de acordo com Germann , cerca de 20% dos pacientes infectados estão em estado grave, situação “esperada” pelos órgão de saúde. “O nosso atendimento está normal, temos total condição de atender os pacientes mais graves.”