IBGE: Coronavírus faz produção industrial cair 9,1% em março

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2020 11h36
Leandro Ferreira/Estadão ConteúdoAs indústrias estão sofrendo por causa da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus

A produção industrial caiu 9,1% em março ante fevereiro, na série com ajuste sazonal. A informação foi divulgada nesta terça-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Motivada pela crise do novo coronavírus, a queda fez o País retornar para os níveis de agosto de 2003. A retração foi a pior desde a greve dos caminhoneiros, em maio de 2018 (-11%), mas tem o agravante de não ser um movimento isolado como ocorreu há dois anos, já que está sendo provocada pela pandemia da Covid-19 e deve se alastrar pelo menos para abril e maio.

“Março foi a queda mais disseminada da série industrial histórica, junto com a queda de maio de 2018”, disse o gerente de pesquisa industrial mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), André MacedoMacedo.

Comparado a fevereiro deste ano, os bens de capital registraram quedas de 15,2% e de 3,9% contra igual mês do ano passado. Os bens intermediários caíram 3,8% e 1,7% na mesma comparação, e os bens de consumo, 14,% e 7,7%. Os bens duráveis despencaram 23,5%, puxados pela fabricação de automóveis, na comparação mensal, e 9,7% na anual. Já os bens semiduráveis e não duráveis registraram retração de 12% e 7,1%, informou o IBGE.

Em relação a março de 2019, a produção industrial caiu 3,8%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas variavam de queda de 8,9% a alta de 2,8%, com mediana negativa em 0,70%. No acumulado do ano, a indústria tem queda de 1,7%. Em 12 meses até março, o resultado é negativo em 1,0%.

*Com informações do Estadão Conteúdo