Ibovespa fecha em alta de 0,13%; dia teve oscilações contidas na bolsa

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2019 21h18
Reprodução/FacebookBancos tiveram papel de destaque nesta quinta-feira

O Índice Bovespa interrompeu nesta quinta-feira (7) uma sequência de quedas que se estendia por quatro pregões e terminou o dia com ganho tímido, de 0,13%, aos 94.340,17 pontos. O sinal positivo foi determinado na última hora de negociação, após a publicação de posts do presidente Jair Bolsonaro no Twitter, falando sobre a reforma da Previdência.

Apesar da falta de novidades nos tweets do presidente da República do Brasil, profissionais do mercado afirmaram que o presidente acertou ao voltar a abordar o tema, após as inúmeras críticas a postagens recentes dele.

No exterior, o principal fator de influência sobre negócios foi negativo, com a decisão do Banco Central Europeu de rever para baixo as expectativas para o crescimento da zona do euro, acenando também com medidas de estímulo econômico. O euro renovou sucessivas mínimas ante o dólar, que subiu ante a maioria das divisas, incluindo 1,28% ante o real.

Apesar da virada no final do dia, o noticiário doméstico apresentou poucas novidades em relação ao que interessa ao investidor – a reforma da Previdência. Segundo profissionais, houve ao longo do dia sensação de desânimo por parte do investidor, que vê à frente percurso longo de tramitação da proposta, com riscos de desidratação e judicialização.

Bolsonaro disse que a aprovação da reforma segue padrões mundiais e combaterá privilégios. Ele divulgou vídeo no mesmo tom, no qual afirma que militares também entrarão na reforma. Segundo ele, a reforma também é o primeiro passo para possibilitar avanços como a aprovação de uma reforma tributária e o enxugamento da máquina pública.

“Os tweets fizeram parte de iniciativa para tentar minimizar efeitos dos últimos eventos na rede social. Mais cedo ele já havia dito que militares entrariam na reforma. É assunto delicado, mas bastante importante. Com os tweets, ele buscou dar um foco na reforma, o que foi positivo”, disse Rafael Bevilacqua, da Levante Ideias de Investimentos.

Na análise por ações, o destaque do dia ficou com os papéis dos bancos, que se recuperaram ao longo da tarde e levaram o Ibovespa ao terreno positivo. Nesse grupo, a maior alta foi de Itaú Unibanco PN, com ganho de 1,38%. A exceção foi Banco do Brasil ON, que perdeu 0,34%. Vale ON, estrela do pregão da quarta-feira, subiu mais 1,69% e também contribuiu para a alta do índice.

Já os papéis do setor elétrico tiveram baixa generalizada, com destaque para Eletrobras ON e PNB, que caíram mais de 5,8%. Segundo operadores, as quedas das estatais Banco do Brasil, Eletrobras e Petrobras ON (-0,88%) foram evidência de que a cautela com o cenário político segue firme.

*Com informações do Estadão Conteúdo