IPCA-15 cai 0,18% em julho, menor resultado para o mês desde setembro de 1998

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 20/07/2017 09h39
A deflação de 0,18% de julho repete o patamar registrado no mesmo mês de 2003, além de ser o resultado mais baixo alcançado pelo indicador desde setembro de 1998, quando a queda foi de 0,44%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) registrou queda de 0,18% em julho, após subir 0,16% em junho. O resultado, divulgado nesta quinta-feira, 20, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou no piso das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde um recuo de 0,18% a um aumento de 0,06%, com mediana negativa de 0,10%.

A deflação de 0,18% de julho repete o patamar registrado no mesmo mês de 2003, além de ser o resultado mais baixo alcançado pelo indicador desde setembro de 1998, quando a queda foi de 0,44%. Em julho de 2016, a alta foi 0,54%.

Com o resultado anunciado nesta quinta, o IPCA-15 acumula aumento de 1,44% no ano. A taxa acumulada em 12 meses desacelerou de 3,52% em junho para 2,78% em julho, o menor patamar desde março de 1999, quando estava em 2,64%, segundo o IBGE.