Número de desempregados aumenta em março, segundo Ministério da Economia

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2019 08h58
Tony Winston/Agência BrasíliaAnálise demonstrou que o saldo de contratações foi negativo em comparação com o mês anterior: 43.196 vagas foram fechadas no período, frente a 173.139 novos postos em fevereiro

O Ministério da Economia divulgou, nesta quarta (23), os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos a março. A análise demonstrou que o saldo de contratações foi negativo em comparação com o mês anterior: 43.196 vagas foram fechadas no período, frente a 173.139 novos postos criados em fevereiro.

Segundo a pasta, uma das justificativas para a queda foi a antecipação de contratações em vários setores para fevereiro e o decorrente aumento das demissões no mês seguinte. No total, houve 1.261.177 admissões e 1.304.373 desligamentos em março.

A maior perda registrada no mês passado foi no setor de comércio, que apresentou uma diminuição de 28.803 vagas, seguido de agropecuária (-9.545), construção civil (-7.781), indústria da transformação (-3.080) e serviços industriais de utilidade pública (-662).

Em comparação com fevereiro e março de 2018, o saldo é ligeiramente positivo: 129.943 novas vagas foram preenchidas no bimestre atual, contra 117.339 no mesmo período do ano passado.

A região com maior queda na criação de vagas foi a Nordeste, com o fechamento de 23.728 postos de trabalho. No Sudeste, foram encerrados 10.673 cargos; no Norte, 5.341; no Sul, 1.748; e no Centro-Oeste, 1.706.

Com Agência Brasil