Receita Federal alerta para novo golpe na restituição do Imposto de Renda

Os criminosos enviam e-mails tentando convencer os contribuintes a confirmar um falso cadastro para recebimento da restituição do IRPF

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2022 18h30
Marcello Casal Jr/Agência Brasil Declaração do Imposto de Renda pode ser feito no site ou aplicativo da Receita Federal Declaração do Imposto de Renda pode ser feita por meio do site ou aplicativo da Receita Federal

A Receita Federal emitiu uma nota para alertar a população sobre um novo tipo de golpe. Com a proximidade do prazo final para a entrega da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022, o órgão informou os contribuintes sobre a prática feita pelos criminosos. Na mais nova tentativa de golpe, os infratores estão se passando pelo órgão para lesar as pessoas que estão prestando contas ao Fisco. O órgão lembra que é preciso ter cuidado com e-mails, usados para a prática do golpe. “Os alertas enviados pela Receita Federal por e-mail ou mensagem não possuem links de acesso. Todas as informações recebidas devem ser confirmadas diretamente no Portal e-CAC, com acesso seguro por meio da conta gov.br”, afirmou.

Os criminosos enviam e-mails tentando convencer os contribuintes a confirmar um falso cadastro para recebimento da restituição do IRPF. Para dar mais credibilidade, são utilizadas imagens fraudulentas com a logomarca comemorativa da Receita Federal para os 100 anos do Imposto de Renda, além da conta gov.br. Na mensagem, que contém um link malicioso para visualização de um falso comprovante de recebimento da restituição, os criminosos informam os dados para recebimento da restituição via Pix. Não há dados sobre o número de pessoas que receberam e-mail falso e sobre quem foi lesado.

O prazo para enviar a declaração do IR 2022 termina no 31 de maio. Pelo calendário de restituição, os pagamentos começam a ser feitos, em cinco lotes, começando também no próximo dia 31. Quem não declarar o imposto até o fim do prazo fica sujeito ao recebimento de multa, cujo valor é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74. Até a última quinta-feira, 12, a Receita Federal informou que já foram entregues 20.889.198 declarações do IRPF 2022, ano-calendário 2021. A expectativa é que 34.100.000 de declarações sejam enviadas até o final do prazo.

*Com informações na Agência Brasil