Rússia suspende importação de carne suína e bovina do Brasil

  • Por EFE
  • 21/11/2017 08h55
EFE/Jerome FavreA Rússia é o quinto maior importador de carnes e de derivados de carne do Brasil.

Rússia suspendeu a importação de carne bovina e suína do Brasil a partir de 1º de dezembro, alegando descumprimento de normas sanitárias, informou nesta segunda-feira o Serviço Federal de Controle Veterinário e Fitossanitário (Rosselkhoznadzor).

Segundo o órgão, a medida tem como objetivo proteger os consumidores russos da presença de ractopamina na carne brasileira, um substância usada como aditivo para promover o crescimento da massa muscular doanimal.

Um porta-voz do Rosselkhoznadzor disse à imprensa russa que a restrição às importações é temporária.

“O Rosselkhoznadzor se viu obrigado a tomar medidas urgentes para proteger os consumidores russos e o mercado alimentício interno, impondo, a partir de 1º de dezembro, restrições temporárias às importações do Brasilde todos os produtos a base de carne suína e bovina“, afirmou o porta-voz.

Recentemente, o Rosselkhoznadzor já tinha anunciado que adotaria um regime adicional de controle das carnes brasileiras produzidas por seis empresas, que não estariam cumprindo as normas veterinárias e sanitárias da Rússia.

O órgão alertou que se novos problemas fossem detectados, as importações dessas empresas seriam vetadas.

Rússia é o quinto maior importador de carnes e de derivados de carne do Brasil.