Vendas imobiliárias cresceram 19,2% em 2018, diz CBIC

  • Por Nicole Fusco
  • 25/02/2019 11h52 - Atualizado em 25/02/2019 12h20
FolhapressSegundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), que divulgou os dados nesta segunda-feira (25), foram vendidas 120.142 unidades no ano passado, ante as 100.787 de 2017

As vendas de imóveis cresceram 19,2% em 2018 na comparação com o ano anterior. Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), que divulgou os dados nesta segunda-feira (25), foram vendidas 120.142 unidades no ano passado, ante as 100.787 de 2017.

Os lançamentos somaram 98.562 unidades — variação de 3,1% para cima. Em 2017, tinham sido 95.566.

O presidente da CBIC, José Carlos Martins explica que a demanda estava “reprimida” por causa da economia. “À medida que as condições econômicas melhoram, o consumo ocorre”, explicou ele.

Por conta disso, ele disse estar “muito otimista” com as previsões para este ano. “Estamos aguardando novas medidas que deixem claro do novo governo como vai funcionar o mercado imobiliário, mas temos certeza que vai crescer”, continou Martins.

Quarto trimestre

As vendas cresceram 23,3% no quarto trimestre de 2018, quando comparadas aos três meses anteriores. Na comparação com igual período de 2017, houve um aumento de 4,4%.

Nos últimos quatro meses de 2018, os lançamentos apresentaram alta de 45,1% em relação ao trimestre anterior. No entanto, comparado ao quarto trimestre de 2017 houve queda de 9,0%.

“O último trimestre do ano tem sempre mais vendas e mais lançamentos, é algo sazional”, explicou o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Vendas por regiões

A região Norte foi a que apresentou o melhor desempenho de vendas na comparação entre 2018 e 2017, de 31,8%. Em seguida aparecem as regiões Sudeste (31,3%) e Centro-Oeste (18,5).

As regiões Sul e Nordeste tiveram os menores resultados com 4,4% e 2,5%, respectivamente.

Comparando o quarto trimestre do ano passado com o mesmo período anterior, a região Sudeste teve uma variação positiva de 47,0%. Em seguida estão as regiões Centro-Oeste (16,5%) e Nordeste (1,8%). Os resulados negativos vieram das regiões Sul (-30,5%) e Norte (-3,6%).

Lançamentos por regiões

Em relação aos lançamentos imobiliários, a região Sudeste teve uma variação de 99,1% no quarto trimestre de 2018 na comparação com os quatro meses anteriores. Já a Centro-Oeste, apresentou alta de 79,6% no mesmo período.

Jás regiões Norte, Sul e Nordeste tiveram desempenhos negativos: -75,6%, -17,1% e -52,6%, respectivamente.

Na comparação entre 2017 e 2018, porém, o Norte teve alta de 127,6%, seguida por Centro-Oeste (41,7%) e Sudeste (2,1%).

Os resultados negativos são da região Sul (-6,1%) e Nordeste (-5,3%).