Eletrobras diz que criará comissão para investigar irregularidades

  • Por Reuters
  • 09/07/2015 12h38
Sede da Eletrobras, no Rio de Janeiro. 20/08/2014 REUTERS/Pilar OlivaresSede da Eletrobras

A Eletrobras informou nesta quinta-feira que está adotando providências para a criação de uma comissão independente com o objetivo de investigar eventual existência de irregularidades em empreendimentos nos quais o grupo tem participação.

Segundo comunicado ao mercado, a comissão irá supervisionar as investigações que estão sendo realizadas pelo escritório de advocacia internacional Hogan Lovells.

O alvo são supostas violações à lei norte-americana e à lei anticorrupção brasileira, assim como o código de ética das empresas do grupo Eletrobras em empreendimentos nos quais o grupo participa de forma corporativa ou minoritariamente, por meio de sociedades de propósito específico.

A comissão terá de ser aprovada pelo Conselho de Administração da Eletrobras e será composta por membros independentes.

Em maio, a Eletrobras informou que não conseguiria enviar ao órgão regulador dos mercados dos Estados Unidos formulário conhecido como “20-F”, relativo a informações financeiras da companhia de 2014, diante de problemas gerados pelas investigações da Operação Lava Jato e por auditor da hidrelétrica de Jirau.