Elizabeth II agradece carinho recebido como rainha com mais anos no trono

  • Por Agencia EFE
  • 09/09/2015 16h00

Viviana García.

Londres, 9 set (EFE).- A rainha Elizabeth II agradeceu nesta quarta-feira o carinho recebido por seus súditos ao entrar para a história como a soberana britânica com mais anos no trono, superando sua tataravó, Vitória.

Fiel a sua agenda de trabalho, a rainha teve uma jornada sem grandes festejos, mas na qual inaugurou uma nova rota ferroviária em Newtongrange, nos arredores de Edimburgo, acompanhada pela ministra principal da região, Nicola Sturgeon.

Após viajarem juntas em um trem a vapor desde a estação de Edimburgo até Newtongrange, Elizabeth II inaugurou uma placa comemorativa junto com seu marido, o duque de Edimburgo, de 94 anos.

Cercada por estudantes que carregavam a bandeira britânica, Elizabeth II, de 89 anos, aproveitou a ocasião para expressar seu agradecimento a todas as pessoas que lhe enviaram “mensagens comoventes de grande amabilidade” nestas datas.

Em Londres, a Câmara dos Comuns realizou uma sessão especial em homenagem à monarca. O ministro britânico, David Cameron, qualificou Elizabeth II como a “rocha da estabilidade” e ressaltou o “alcance do serviço” prestado por ela nos últimos 63 anos, nos quais despachou com 12 primeiros-ministros, de Winston Churchill até ele próprio.

Cameron afirmou que a rainha, que fez 265 visitas oficiais, respondeu 3,5 milhões de cartas e e-mails e enviou mais de 10 mil telegramas de felicitação aos cidadãos dos países da Commonwealth (Comunidade Britânica de Nações) que completaram 100 anos.

“A rainha é nossa rainha, e não poderíamos estar mais orgulhosos dela”, ressaltou Cameron, que agradeceu também ao duque de Edimburgo por tê-la acompanhado todos estes anos.

Para lembrar a data, o palácio de Buckingham divulgou hoje uma foto de Elizabeth II tirada em seu escritório pela famosa fotógrafa Mary McCartney, filha do ex-Beatle Paul McCartney. Segundo a residência oficial da família real, a imagem foi captada em julho passado no Palácio de Buckingham.

Em sua conta no Twitter, Mary McCartney admitiu que foi uma “grande emoção” e um “privilégio” ter tirado esta fotografia.

“Tendo crescido durante o reinado de Elizabeth II, foi uma emoção conhecê-la e um grande privilégio ter tirado a foto nesta ocasião histórica”, afirmou.

Em Londres, uma pequena frota de embarcações, liderada pela barcaça real “Gloriana”, navegou em procissão através do rio Tâmisa e a Ponte da Torre se elevou durante sua passagem como sinal de respeito.

Elizabeth II estava no Quênia quando chegou ao trono, em fevereiro de 1952, após a morte de seu pai, o rei George VI, e foi coroada no ano seguinte na Abadia de Westminster, em Londres. EFE

vg/id