Em dia de finados, “flanelinhas” de túmulos atuam dentro de cemitérios de SP

  • Por Jovem Pan
  • 02/11/2016 17h50

Desde bem cedo os limpadores ofereciam o serviço aos frequentadores que iriam prestar homenagem aos enterrados no local

Limpadores de túmulos

Os limpadores de túmulo estavam em maior número neste Dia de Finados no cemitério do Araçá, na zona oeste de SP. Desde bem cedo eles ofereciam o serviço aos frequentadores que iriam prestar homenagem aos enterrados no local, um dos maiores da cidade.

A equipe da Jovem Pan foi abordada em três oportunidades em alamedas diferentes em menos de 15 minutos. Todas por pessoas sempre munidas de baldes e escovas. Todos atuam de forma ilegal, segundo o administrador José Urias, que atribui à crise o aumento dos limpadores que chega a 100. “Hoje eu contei que já retiraram uns 50. Mas mais uns 50 aqui ainda”, disse.

Guardas Civis Metropolitanos circularam durante todo o dia nos principais cemitério da cidade. Cerca de 15 mil pessoas visitam o Araçá em dia de Finados. Mais de 500 mil pessoas foram enterradas no local que fica na Dr. Arnaldo. Aliás, o trânsito na região ficou difícil durante todo o dia também pelo fechamento da paulista para veículos.

Em 2015, morreram 82 mil pessoas em SP, população equivalente uma cidade pequena, como São Roque.

*As informações são da repórter Carolina Ercolin