Em meio à crise, Rio anuncia duas mudanças no 1º escalão

  • Por Estadão Conteúdo
  • 14/11/2016 13h35
Palacio GuanabaraPalácio da Guanabara

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, fará duas mudanças no atual secretariado do Estado, que vive uma grave crise financeira. Francisco Caldas deixa a pasta de Planejamento, que passa a ser comandada por Luiz Claudio Gomes, subsecretário da Fazenda, que terá como missão promover a fusão entre das duas secretarias. A alteração foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (14). Caldas sai do governo estadual para assumir um cargo no Banco Interamericano (BID). 

A segunda alteração foi feita na Casa Civil. Leonardo Espínola deixa o comando da pasta e vai para a Procuradoria-Geral do Estado, em substituição de Lúcia Léa Guimarães Tavares, que se aposenta. Quem assume a Casa Civil é Claudio Roberto Pieruccetti Marques, procurador do Estado.