Embarcação carregada de imigrantes toma no Canal da Sicília

  • Por Agencia EFE
  • 05/08/2015 13h39

Roma, 5 ago (EFE).- Uma embarcação com centenas de imigrantes tombou nesta quarta-feira no Canal da Sicília, a poucas milhas do litoral da Líbia, quando as autoridades marítimas tentavam socorrê-los, confirmaram à Agência Efe fontes da Guarda Costeira italiana.

O incidente aconteceu a 15 milhas do litoral líbias e neste momento várias embarcações estão trabalhando nas operações de socorro.

Embora teme-se a existência de vítimas mortais, a guarda-costeira recusaram dar informações a respeito por enquanto devido às operações de resgate estarem em curso.

A Central Operacional da guarda-costeira em Roma, que coordena o dispositivo, recebeu o alarme da presença de uma embarcação metálica carregada de imigrantes que se encontrava em apuros em águas do Canal da Sicília.

Após receber o aviso, a Guarda Costeira ordenou o desvio de várias embarcações civis e meios comunitários que se encontravam na zona para que socorressem os imigrantes.

Estes, ao ver os serviços de resgate chegarem, se situaram no mesmo lado de sua embarcação virar e caindo na água.

Na zona trabalham para recuperar os imigrantes vários meios da Guarda Costeira italiana, uma embarcação dos Médicos sem Fronteiras e uma da Marinha irlandesa, entre outras.

As boas condições meteorológicas favorecem o fluxo da imigração procedente do litoral norte-africano para a Itália, ponte natural com o continente europeu.

Ontem, a Organização Internacional de Migrações (OIM) informou que neste ano 2 mil pessoas morreram tentando atravessar o Mediterrâneo. EFE