Estado de emergência deve entrar em vigor no Egito nesta terça (11)

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/04/2017 11h43
Agentes de segurança investigam cena do atentado na Igreja de São Jorge (Mari Girgis)Atentados contra igrejas coptas matam dezenas no Egito

O governo do Egito informou que o Estado de Emergência entrará em vigor às 13h (hora local), na terça-feira, após ataques terroristas no final de semana. 

Em comunicado, o gabinete do governo afirmou nesta segunda-feira que aprovou a decisão presidencial, que deve durar três meses. 

Segundo a constituição do Egito, o parlamento precisa aprovar a decisão para que ela possa ser instituída e não pode passar de seis meses. Mohammed Abu Hamed, político egípcio, afirmou que o parlamento considerará a questão nesta segunda-feira. 

O governo também enviou tropas de elite ao redor do país para proteger instalações importantes e acusou países, sem identificar nenhum em específico, de impulsionar a instabilidade “O Egito destruiu todos os planos e esforços de países e organizações fascistas e terroristas que tentaram controlaram o país”, disse o presidente. 

Ao menos 17 pessoas foram mortas na Catedral de St. Mark’s em Alexandria. Outro ataque terrorista matou ao menos 27 pessoas dentro da Igreja de St. George, na cidade de Tanta.