EUA colocam filho de Bin Laden em lista de terroristas

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/01/2017 16h42
Crédito das fotos: Promotoria de Nova IorqueVeja fotos inédita de Osama bin Laden após o ataque de 11 de setembro

O Departamento de Estado dos EUA disse nesta quinta-feira que incluíram o nome de Hamza bin Laden, filho de Osama bin Laden, como terrorista. Essa ação coloca Hamza sob sanções financeiras e políticas.

Em agosto de 2015, Hamza foi anunciado oficialmente como membro da Al-Qaeda por Ayman al-Zawahiri, sucessor de Osama como líder do grupo, segundo o Departamento de Estado americano. Em uma mensagem de áudio anunciado sua filiação, Hamza pediu atos de terrorismo em cidades como Washington, Paris e Tel-Aviv. Em outra mensagem, Hamza ameaçou se vingar dos americanos e advertiu que os EUA seriam alvo do grupo.

Separadamente, o Departamento de Estado dos EUA também afirmou que impôs sanções a Ibrahim al-Banna, que alegou ser um membro da Al-Qaeda do Iêmen.