EUA dizem que Rússia avisou que lançaria míssil antes da crise na Crimeia

  • Por Agencia EFE
  • 04/03/2014 17h43

Washington, 4 mar (EFE).- Os Estados Unidos não estão preocupados pelo teste de lançamento de um míssil balístico intercontinental por parte da Rússia porque recebeu um aviso a respeito antes que começasse a atual crise na república autônoma ucraniana da Crimeia, assegurou nesta terça-feira um funcionário americano.

“Não estamos preocupados”, disse à rede de televisão “ABC News” o funcionário, que pediu anonimato e explicou que, em cumprimento do tratado Start, a Rússia notificou os EUA que realizaria o lançamento muito antes da escalada de tensão na Crimeia. EFE