EUA realocam pessoal diplomático no Iraque “por precaução”

  • Por Agencia EFE
  • 11/08/2014 02h22

Washington, 10 ago (EFE).- Os Estados Unidos anunciaram neste domingo que realocaram parte de seu pessoal diplomático desdobrado no consulado de Erbil, capital do Curdistão, e o transferiu para o consulado americano em Basra e para sua unidade de apoio ao Iraque em Amã por razões de precaução.

Washington começou esta semana várias operações de bombardeios seletivos e lançamentos aéreos de mantimentos na região norte do país, onde os jihadistas avançaram posições e tomaram várias cidades, se referindo precisamente, entre outras razões, à segurança dos cidadãos americanos que ali se encontram.

“Enquanto os problemas de segurança continuam sendo extremamente altos no Iraque, este movimento limitado de hoje se deve a uma grande precaução em vez da uma ameaça específica”, disse a porta-voz adjunta do Departamento de Estado, Marie Harf, em comunicado.

“Em geral, a maioria de nosso pessoal em Erbil permanece em seu lugar e nosso consulado está totalmente equipado para realizar sua missão de segurança nacional”, acrescentou Harf, indicando também que a sede diplomática continuará aberta e trabalhando “com os iraquianos e seus líderes eleitos”.

Harf reiterou que o objetivo deste movimento é enfrentar as próprias necessidades de segurança do corpo diplomático assim como realizar “a missão de segurança nacional de apoio ao governo e ao povo do Iraque”, que abordam “questões políticas e de segurança urgentes”. EFE