EUA: Trump critica Congresso, FBI e Justiça por impunidade de Hillary Clinton

  • Por Estadão Conteúdo
  • 12/10/2016 17h40
MCX322. HEMPSTEAD (NY, EE.UU.), 26/09/2016.- El candidato republicano a la presidencia de Estados Unidos Donald Trump (i) y su rival demócrata Hillary Clinton (c) se dan la mano tras su primer debate hoy, lunes 26 de septiembre de 2016, en la Universidad Hosfra de Hempstead, Nueva York (EE.UU.). EFE/PETER FOLEY EFE/PETER FOLEY Donald Trump e Hillary Clinton em debate presidencial de Nova Iorque

O candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, ampliou seus ataques para além de seus colegas do partido Republicano, atingindo agora todo o congresso, o departamento de Justiça e o FBI. Trump acusa Washington por deixar a candidata do partido Democrata, Hillary Clinton, sem punição pelo caso de manipulação de e-mails quando era secretária de Estado.

“Eu estou tão desapontado com o Congresso”, disse Trump, em campanha na cidade de Ocala, na Florida. “O que você faz quando deixa nas mãos do FBI e do Departamento de Justiça e esse é o fim?”.

O candidato republicado falou para milhares de pessoas em um comício, o segundo de quatro a serem realizados durante sua passagem de três dias pela Flórida. 

“Nós temos que investigar a investigação. Foi um crime do mais alto nível. Ela não poderia concorrer à presidência”, disse Trump.