Eurogrupo se reunirá na 6ª feira para debater resgate à Grécia

  • Por EFE
  • 12/08/2015 12h38
Pé de meia

Os ministros de Economia e Finanças da zona do euro, o Eurogrupo, se reunirão na próxima sexta-feira em Bruxelas para abordar em nível político o terceiro resgate à Grécia, depois que Atenas e as instituições credoras fecharam um acordo técnico na terça-feira.

“Eurogrupo extraordinário na sexta-feira, dia 14 de agosto, às 15h (10h em Brasília) sobre a Grécia”, anunciou Michel Reijns, porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, em mensagem na rede social Twitter.

Os analistas da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu, do Fundo Monetário Internacional e do Mecanismo Europeu de Estabilidade fecharam um acordo com Atenas na terça-feira, após intensas negociações.

A Grécia terá que aplicar ajustes de 4% a 5% do PIB do país, assim como reformas na previdência, a eliminação de subsídios aos agricultores e um rígido calendário de privatizações, segundo o Memorando de Entendimento estipulado.

Este documento, que foi enviado na noite de terça-feira aos governos para ser analisado, ainda tem que receber a aprovação dos sócios da Grécia na zona do euro para que o resgate possa ser assinado, contexto pelo qual o Eurogrupo foi convocado para sexta-feira.

Além disso, está prevista para esta tarde uma teleconferência do Comitê Econômico e Financeiro, que reúne os “número dois” dos ministérios de Economia e Finanças não apenas da zona do euro, mas de toda a União Europeia, para que revisem o princípio de acordo em comum.