Ex-ministro da Fazenda prevê recuperação lenta da economia brasileira

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2014 09h41

O ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega criticou nesta quarta-feira (03), em entrevista à JOVEM PAN, os números negativos da economia brasileira. Para ele, os números da indústria, por exemplo, ainda são ruins e a tendência não é de recuperação rápida.

“Eu acho que vai ser uma sucessão de notícias ruins ao longo dos próximos meses, inclusive em 2015. Claro, que esse número de crescimento de 0,7% da produção industrial, em julho, é muito positivo, mas não é a rigor nenhum grande alívio”, afirmou.

O especialista explicou que no acumulado do ano a produção industrial continua em queda de 2,8% e se espera que feche o ano com um recuo de 2%. A projeção, ainda segundo ele, é de que haja uma piora do mercado de trabalho e de que a taxa de investimento não melhore.   

“Para o próximo ano, mesmo que haja uma vitória da oposição, não há tempo hábil para fazer a economia reengrenar com maior velocidade. Então, nós vamos ter uma recuperação mesmo que a presidente Dilma seja reeleita, (…) mas pode ser até mais dependendo do candidato que seja reeleito”, falou.

Nóbrega explicou ainda aos jornalistas Denise Campos de Toledo e Adalberto Piotto que tanto Marina Silva quanto Aécio Neves assumiram o compromisso de restaurar a seriedade economica. Ele ressaltou que Marina, por exemplo, defende uma autonomia formal do Banco Central.

Ouça a entrevista completa no áudio.