Excesso de oferta de imóveis faz preços cairem

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2014 07h53

Mercado imobiliário passa por crise e preços caem diante do excesso de oferta de unidades para venda ou aluguel. O prazo médio para se locar um imóvel residencial ou comercial dobrou e até triplicou em muitos casos, como apurou a reportagem da Jovem Pan.

O índice Fipe-Zap (indicador de preços de imóveis) registra pelo quarto mês consecutivo a inflação ganhando do preço dos imóveis, numa pesquisa que abrange 16 cidades.

Em entrevista a Renata Perobelli, a especialista Sueli Pacheco, com forte atuação na zona oeste da Capital, define a realidade das locações.

Um apartamento de dois dormitórios hoje é alugado por R$ 2.300,00, valor semelhante ao de janeiro de 2013.

A procura por estúdios de um quarto é excessão no mercado, explica o consultor da Jovem Pan em Direito Imobiliário, Márcio Bueno.

Com a acomodação dos negócios, o indice Fipe-Zap puxa o metro quadrado médio de São Paulo para R$ 7.943,00. O metro quadrado de apartamento VIP na Vila Nova Conceição vale R$ 13.900,00 e o mais barato em Cidade Tiradentes sai a R$ 2.700,00.

Por Renata Perobelli e Giba