Exército iraquiano destrói grande comboio jihadista e mata seus integrantes

  • Por Agencia EFE
  • 08/07/2014 09h35

Bagdá, 8 jul (EFE).- A aviação iraquiana destruiu e matou os integrantes de um comboio jihadista integrado por 45 veículos que se dirigiram à refinaria da cidade de Biji, informou nesta terça-feira o Ministério iraquiano do Interior.

Em comunicado divulgado em seu site, o Ministério do Interior explicou que a caravana -cujo número de integrantes não foi especificado- contava com 60 carros que tinham partido da cidade de Mossul -no norte do Iraque- com destino à citada refinaria, a maior do país e situada na província de Saladino.

As autoridades não precisaram os baixas nas fileiras jihadistas neste ataque, cuja veracidade é difícil de comprovar devido à situação no terreno.

Os combatentes do Estado Islâmico (EI) tentaram em várias ocasiões tomar o controle da refinaria de Biji, ao norte de Bagdá, mas fracassaram pelos ataques aéreos e a resistência das forças de segurança que protegem as instalações.

O Iraque se encontra imerso em uma grave crise devido ao avanço de grupos insurgentes sunitas, que desde 10 de junho tomaram o controle de Mossul, a segunda cidade do país, e desde ali progrediram por outras zonas do norte e o centro.

Os jihadistas do EI declararam, além disso, em 29 de junho, um califado islâmico que abrange desde a província síria de Aleppo até a iraquiana de Diyala. EFE