Explosão de carro-bomba no norte da Síria deixa 26 mortos

  • Por Agencia EFE
  • 15/01/2014 15h05

Beirute, 15 jan (EFE).- Pelo menos 26 pessoas morreram nesta quarta-feira em um atentado com carro-bomba, que teria sido realizado pelo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, organização vinculada à Al Qaeda, na província de Aleppo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Dezenas de pessoas ficaram feridas no atentado na cidade de Yarabulus, algumas delas em estado grave, e a ONG não descartou que o número de vítimas fatais possa aumentar.

Por enquanto, não se sabe se o alvo do ataque era rebelde.

O Centro de Informação de Aleppo, administrado por ativistas opositores do regime sírio, divulgou na internet um vídeo supostamente gravado depois da explosão, que mostrava que o atentado aconteceu em Yarabulus, com imagens de uma rua onde havia vários veículos carbonizados.

O norte da Síria é cenário desde 3 de dezembro de choques entre rebeldes, em sua maioria islamitas, e a milícia jihadista do Estado Islâmico, que cometeu dezenas de atentados contra os insurgentes.

Segundo dados do Observatório, o Estado Islâmico do Iraque e do Levante controla pelo menos 19 povoações da periferia da cidade de Aleppo, de onde saiu na semana passada depois de os rebeldes tomarem o quartel -general dos extremistas nesta cidade, a maior do norte da Síria. EFE