Explosões na capital do Daguestão deixam pelo menos 9 feridos

  • Por Agencia EFE
  • 17/01/2014 15h46

Moscou, 17 jan (EFE).- Pelo menos nove pessoas, entre elas dois policiais, ficaram feridas nesta sexta-feira em explosões ocorridas em frente a um restaurante de Mahatchkala, capital da república russa do Daguestão, segundo informaram fontes da Saúde.

“Posso confirmar que nas imediações de um restaurante em Mahatchkala aconteceram duas explosões”, assinalou, por sua parte, um porta-voz da Polícia local à agência “Interfax”.

Segundo essa fonte, cinco civis e dois policiais ficaram feridos nas explosões.

O restaurante foi atacado primeiro com um lança-granadas e quando chegaram os policiais outras duas bombas explodiram, supostamente colocadas em um carro estacionado em frente ao estabelecimento.

Segundo dados preliminares, a bomba não continha estilhaços, por isso que as autoridades trabalham como uma primeira versão dos fatos um acerto de contas entre criminosos e não um atentado terrorista.

Após a relativa pacificação da vizinha Chechênia, o Daguestão se transformou nos últimos anos na república mais instável do sul da Rússia e em refúgio da guerrilha islamita do Cáucaso Norte.

Previsivelmente, do Daguestão procedia o grupo que organizou o duplo atentado suicida cometido no final de dezembro na cidade de Volgogrado, antiga Stalingrado, que deixou 34 mortos.

Seguidamente, o presidente russo, Vladimir Putin, prometeu em sua mensagem de Natal que as autoridades continuarão a luta contra os terroristas até “sua completa eliminação”.

As autoridades russas estão em alerta terrorista em todo o país às vésperas dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, que serão inaugurados no dia 7 de fevereiro próximo e que a guerrilha islamita prometeu promover ações terroristas. EFE