Facebook diz que cumpriu decisão judicial e não haverá bloqueio

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2016 12h47
Divulgação Facebook - divulgação

A Comunicação do Facebook Brasil afirma que a empresa “cumpriu integralmente” as decisões judiciais a que foi submetida e, por isso, não haverá o bloqueio da rede social.

Um juiz eleitoral de Santa Catarina havia determinado que o Facebook fosse retirado do ar em todo o território nacional por um período de 24h, mais multa diária de R$ 30 mil por descumprimento. A determinação é justificada pela desobediência de uma ordem judicial.

Segundo o juiz eleitoral de Joinville (SC), Renato Roberge, a empresa se recusou a tirar do ar um perfil falso que ironizava o candidato à Prefeitura, Udo Döhler (PMDB). A Justiça também quer que o Facebook revele o IP do administrador do perfil utilizado, chamado de “Hudo Caduco”.

A ordem chegou a ser encaminhada para a Anatel de modo que obrigue as operadoras brasileiras a impedir o acesso a rede social.