Falso policial é preso em flagrante em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 29/06/2016 12h23

Felipe Grego se passava por policial e já tinha sido buscado três vezes

Homem que se passava por policial é preso em São Paulo

Um homem que se passava por policial e intimidava pessoas no centro e na zona leste de São Paulo foi preso nesta quinta-feira (29). Felipe Grego andava armado com um revólver PT 380 e um simulacro, além de camisetas com o logo estampado da polícia paulista. Felipe ainda portava um distintivo e um crachá falsos. Ele agia nas regiões da Santa Ifigênia, no centro, e da Feirinha da Madrugada, no Brás.

De acordo com o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, diretor do Decade (Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas) da Polícia Civil, há relatos de que o impostor intimidava transeuntes “sempre com algema na mão” e dava “tapas” no rosto de pessoas “simples”. Ele teria se aproveitado do falso uniforme para “vender segurança na região”. 

O falso policial fabricava as próprias camisetas, estampando-as com o logo da polícia. Nico diz que o criminoso também “intimidava pelo seu porte físico”.

Felipe foi autuado em flagrante por porte de arma ilegal e usurpação da função pública. As penas para esses crimes são de dois a quatro anos de detenção e multa, e de três anos e dois meses de cadeia e multa, respectivamente. Ele possivelmente será processado por extorsão também, que prevê de quatro a dez anos de prisão, podendo aumentar se comprovado que ele usou a arma de fogo para obter benefícios próprios.

Serão levantados boletins de ocorrência que podem estar ligados ao falso policial. Os motivos de ele se disfarçar ainda estão sendo apurados.

Com informações do repórter JP Daniel Lian