Feira de games é encerrada com recorde de públicos e anúncios de gigantes

  • Por Agencia EFE
  • 09/08/2015 13h58

Berlim, 9 ago (EFE).- A feira de videogames Gamescom foi encerrada neste domingo na cidade de Colônia, na Alemanha, após cinco dias de anúncios e novidades das grandes empresas do setor, com direito a um novo recorde de visitantes.

O presidente da Feira Comercial de Colônia em que aconteceu o evento indicou que 345 mil pessoas passaram pela mostra, entre público especializado e fãs, o que representa aumento de 10 mil pessoas com relação a última edição.

“Os resultados superaram nossas expectativas”, garantiu Böse, logo após o fim da Gamescom.

Mais de 800 empresas, de 40 países, participaram da feira, que teve apresentação de sequência de jogos clássicos, demonstração de novos acessários, com destaque para os óculos de realidade virtual.

Os jogos para Xbox One, da Microsoft, e PlayStation 4, da Sony, foram destaques por explorar ao máximo a capacidade destas plataformas, que estão há cerca de um ano e meio no mercado.

O gigante americano apresentou no Gamescom os títulos “Scalebound”, “Quantum Break”, “Crackdown 3”, a terceira temporada de “Killer Instinct” e “The Rise of the Tomb Raider”. Para desespero dos fãs, no entanto, os títulos só estarão no mercado em 2016.

A Microsoft também revelou que seu novo sistema operacional, o Windows 10, estará a partir de novembro disponível para Xbox One.

A Sony, por sua vez, mostrou ao público a nova versão dos seus óculos de realidade virtual, chamado de Morpheus.

A feira ainda serviu de cenário para a apresentação de um estudo de perspectiva, que aponta que a indústria dos videogames crescerá neste ano, em nível global, acima dos 10%.

“O mercado cresce com um dinamismo nunca visto”, afirmou Maximilian Schenk, diretor-executivo da Associação Federal de Software de Entretenimento Interativo da Alemanha. EFE