Formalização ajuda no crescimento de microempresas, segundo o Sebrae

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2014 08h47

A formalização permitiu que 120 mil microempreendedores individuais, os MEIs crescessem para a condição de microempresas em 5 anos. Os dados do Sebrae, divulgados nesta segunda, marcam o 5º aniversário da regulamentação que criou a figura do MEI no Brasil.

Em 2013, mais de 47 mil empreendedores viraram microempresários, 30% mais do que no ano anterior, e alta de mais de 100% sobre 2011. Falando a Gustavo Aguiar, o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, disse que o cumprimento da lei é o segredo da prosperidade para o microempreendedor.

*Ouça os detalhes no áudio

Os MEIs têm negócios com até um empregado e faturamento de, no máximo, R$ 60 mil por ano. É o caso do empresário Eduardo Rodrigues, dono de uma assistência de computadores em São Paulo, que começou trabalhando de casa em casa.

Em São Paulo, mais de 905 mil microempreendedores individuais apostam na formalização e esperam expandir os negócios para se tornar microempresa. O professor Alexandre Nabil, da Universidade Mackenzie, explicou as vantagens do aumento no número de microempresas para a economia no Brasil.

Para se tornar um microempreendedor individual é necessário acessar o site portaldoempreendedor.gov.br. O CNPJ é emitido na hora e sem nenhum custo para o microempreendedor.