Funcionários do Metrô e CPTM ameaçam entrar em greve na próxima quarta-feira (27)

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2015 21h47
Metrô em São Paulo

Funcionários do Metrô e da CPTM decidiram nesta quarta-feira (20), em assembleia, que irão entrar em greve a partir da 0h da próxima quarta-feira (27).

Os funcionários do metrô reivindicam 9,49% de reajuste acima da inflação, além de reposição de 8,24%. Segundo o sindicato, o metrô ofereceu 7,21% de aumento. Entre as reivindicações da categoria, os metroviários também pedem que os 38 funcionários demitidos durante a greve do ano passado sejam readmitidos.

Uma nova assembleia será realizada no dia 26 para tentar reaver a greve. O último reajuste dos metroviários ocorreu no mês de junho do ano passado – 8,7%.

Os ferroviários reivindicam um reajuste da inflação (7,89%) e mais 10% de aumento real. A CPTM, porém, oferece reajuste de 6,65%. A categoria também terá outra assembleia, no mesmo dia que a dos metroviários.

Outras assembleias ocorreram de forma simultânea no Sindicato dos Ferroviários de SP, no Sindicato Central do Brasil e no Sindicato da Zona Sorocabana.

Além do reajuste salarial, a categoria reivindica pagamento de R$ 5 mil de participação nos resultados, aumento de vale-alimentação para R$ 400 (atualmente é de R$ 247) e auxílio materno-infantil de R$ 500.

O último reajuste da categoria, com data-base em março – aconteceu em maio do ano passado – foi de 7,5%.