Governo colombiano começa 2014 disposto a fazer todo esforço pela paz

  • Por Agencia EFE
  • 12/01/2014 18h45

O chefe negociador do governo colombiano nos diálogos com as Farc, Humberto de la Calle, afirmou neste domingo (12) que sua equipe começará nesta segunda-feira a primeira rodada de conversas de 2014 disposto a fazer “todos os esforços” para “tornar realidade o sonho da paz da Colômbia”.

A afirmação do ex-vice-presidente foi feita na Casa de Nariño, sede da presidência colombiana, antes de partir para Havana para retomar na segunda-feira (13) no novo ciclo a discussão do problema das drogas, questão-chave no qual espera “construir acordos”.

De la Rua se referiu também às dificuldades que as negociações passarão neste ano eleitoral, com pleitos legislativos e presidenciais, e afirmou que o governo está preparado para enfrentar as adversidades e prosseguir com uma “discussão leal, séria e responsável”.

“Somos conscientes de que alguns colombianos se opõem a estas conversas. Recebemos as críticas com respeito. Entramos agora em um período eleitoral no qual a controvérsia sobre o que ocorrer em Havana se aguçará. Estamos preparados para isso, mas queremos uma discussão leal”, disse o chefe negociador oficial.

“Nosso roteiro para 2014 é o mesmo que nos orientou ao longo do ano passado e é muito simples e concreto ao mesmo tempo: trabalhar sem descanso para conseguir um acordo que ponha um fim no conflito e nos abra definitivamente e de uma vez por todas as portas da paz”, concluiu De la Rua.

O governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) iniciaram o processo de paz em novembro de 2012 e desde então alcançaram acordos nos dois primeiros pontos da agenda: a distribuição da terra e o desenvolvimento rural, e as condições da participação política dos rebeldes.