Governo dominicano ordena suspensão de atividades devido a passagem de Erika

  • Por Agencia EFE
  • 28/08/2015 19h00

Santo Domingo, 28 ago (EFE).- O governo da República Dominicana ordenou nesta sexta-feira a suspensão das atividades públicas e privadas devido à iminente passagem da tempestade tropical Erika pelo país.

Ao cruzar o Caribe, Erika já deixou pelo menos 20 mortos e em Dominica, onde outras 25 pessoas estão desaparecidas, e em Porto Rico provocou muitos danos materiais.

O ministro administrativo da presidência dominicana, José Ramón Peralta, informou que o governo determinou a suspensão dos trabalhos nos setores públicos e privados a partir das 13h (meio-dia em Brasília).

As 32 províncias do país estão em alerta vermelha, o máximo, diante da chegada deste fenômeno atmosférico, que também suspendeu as aulas em todo o país.

Peralta afirmou hoje, depois de se reunir com o presidente dominicano, Danilo Medina, que a medida será adotada para que todos os cidadãos possam se proteger em seus lares para evitar danos com a passagem do fenômeno tropical.

O governo, segundo Peralta, está preparado para enfrentar qualquer situação de emergência no país desde o anúncio, na semana passada, de Danny, o anterior fenômeno que se transformou em furacão até se degradar a um sistema de baixa pressão.

Por último, pediu à população que acompanhe os comunicados do escritório nacional de meteorologia e do Centro de Operações de Emergência.

Alguns voos em vários aeroportos do país foram afetados pelo fenômeno, enquanto em algumas ruas há longos engarrafamentos e um movimento intenso em supermercados de pessoas estocando itens essenciais. EFE