Governo holandês quer proibir uso de burca e niqab em escolas e hospitais

  • Por Agencia EFE
  • 22/05/2015 12h24

Bruxelas, 22 mai (EFE).- O governo da Holanda anunciou nesta sexta-feira que propôs ao Parlamento uma lei que proíbe o uso de vestimentas como véu integral, burca, e lenços niqab, assim como outras peças que cubram o rosto em escolas, hospitais, escritórios da administração e transporte público.

O ministro do Interior, Ronald Plasterk, informou da decisão do Executivo, comandado pelo liberal Mark Rutte, ao término do Conselho de Ministros da sexta-feira.

Explicou que para o governo é uma “grande decisão para a segurança” e que está separada do debate sobre os símbolos religiosos, segundo informou a agência holandesa “ANP”. EFE