Governo tailandês se recusa a adiar as eleições

  • Por Agencia EFE
  • 28/01/2014 09h48

Bangcoc, 28 jan (EFE).- O governo da Tailândia reiterou nesta terça-feira sua intenção de realizar as eleições gerais convocadas para 2 de fevereiro após descartar o adiamento que pedia a Comissão Eleitoral diante do risco de um aumento da violência.

“O governo considera que o adiamento das eleições não resolveria os problemas. Em consequência, as eleições acontecerão em 2 de fevereiro, assim como estava previsto”, disse em entrevista coletiva o vice-primeiro-ministro, Phongthep Thepkanjana. EFE