Governo vai aumentar impostos sobre cosméticos e bebidas

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2014 08h49

O governo Dilma vai aumentar os impostos sobre cosméticos e bebidas para compensar os gastos com a conta de luz mais barata. Segundo o Secretário adjunto da Receita Federal, Luis Fernando Teixeira Nunes, o objetivo é a busca do equilíbrio fiscal no país.

Ele diz que a nota positiva foi a percepção de que a desoneração da folha de pagamentos engordou os cofres da Previdência Social. Mas, respondendo a Kátia Brigoline, Nunes ressaltou que a arrecadação do Imposto de Renda e da CSLL repetiu janeiro.

*Ouça os detalhes no áudio

O presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, João Elói Olenicke, afirmou que mais uma vez o consumidor é penalizado pela alta carga tributária. Ele ressaltou ao repórter Anderson Costa que é inadmissível um aumento de alíquota mesmo com a arrecadação do país em alta.

Segundo a Receita, os estudos para o aumento dos tributos de bebidas e cosméticos estão prontos, mas a decisão fica a cargo do Ministério da Fazenda. Entre os impostos que poderiam ser impactados diretamente, estão o Pis, Cofins e o IPI.