Governo venezuelano reúne-se com Capriles para afinar planos de segurança

  • Por Agencia EFE
  • 19/01/2014 01h46

Caracas, 18 jan (EFE).- O ministro do Interior venezuelano, Miguel Rodríguez, se reuniu neste sábado (18) com o governador do estado de Miranda e líder da oposição, Henrique Capriles, e com os 21 prefeitos que formam esta entidade durante seis horas para coordenar esforços em matéria de segurança.

“Esta reunião acho que vai ser proveitosa, produtiva para articular planos, para tomar decisões, para resolver este tema (o da insegurança) que nos une a todos os venezuelanos”, declarou Rodríguez aos jornalistas uma vez finalizado o encontro.

Ele informou que durante a reunião tanto o governador como os prefeitos apresentaram um diagnóstico da situação de seus municípios o que, disse, “permitiu (…) ter um diagnóstico bastante claro, detalhado (…) da situação do estado de Miranda em matéria de segurança”.

Rodríguez disse que um dos pontos de consenso aos quais se chegou foi o de controlar a circulação das motocicletas, veículo que se multiplicou nas ruas venezuelanas nos últimos tempos e que está relacionado com diversas violações da lei, a partir de determinada hora da noite.

“Vamos fazer um esforço conjunto, todos de acordo para regular, para controlar, para pôr ordem neste tema (…) que preocupa e ocupa todos os que vivem em nossas cidades”, declarou o ministro.

O governador de Miranda e líder da oposição venezuelana, Henrique Capriles, declarou em seguida que “agora temos que fazer andar as propostas (…) para que não fiquemos no dia de hoje e que possamos exibir resultados”.

Capriles revelou que se falou de temas relacionados com os serviços de bombeiros, proteção civil, educação, patrulhagem policial e do sistema penitenciário no estado.

Segundo números oficiais, a violência na Venezuela tirou a vida de mais de 11 mil pessoas no ano passado, número inferior aos 16 mil de 2012, embora a ONG Observatório Venezuelano de Violência assegure que os assassinatos foram cerca de 25 mil em 2013. EFE