Grupo armado faz 170 reféns em hotel de luxo no Mali

  • Por Agência Brasil
  • 20/11/2015 07h52
Hotel Radisson Blu

Um grupo armado faz reféns 140 hóspedes e 30 empregados do Hotel Radisson Blu, em Bamako, no Mali, informou a cadeia de hotéis, em comunicado.

“O grupo Rezidor, que administra o Hotel Radisson em Bamako, está ciente da tomada de reféns que está ocorrendo. Duas pessoas fazem reféns 140 clientes e 30 empregados”, acrescenta a nota.

Um tiroteio agora de manhã no hotel, no centro da capital, supostamente feito por jihadistas, levou à definição de um perímetro de segurança no local, informou um jornalista da France Press que se encontra no local.

De acordo com o testemunho, o fogo disparado por armas automáticas foi ouvido fora do hotel, mas ainda não há relatos sobre vítimas.

“Tudo aconteceu no sétimo andar, os jihadistas estão disparando no corredor”, disse uma fonte de segurança à France Press.

Segundo a mesma fonte, as forças policiais já estabeleceram um cordão de segurança.