Grupo de sem-teto invade prédio na área nobre que pertencia ao Banco Santos

  • Por Helen Braun/ Jovem Pan
  • 06/03/2015 11h13
Prédio nos Jardins que faz parte da massa falida do Banco Santos e foi ocupado por grupo sem-teto

Cerca de 40 famílias e 100 pessoas ocupam desde 13 de fevereiro um prédio na esquina da Rua Iraci com a Rua Hungria, na região dos Jardins, zona nobre da capital paulista, próximo à Marginal Pinheiros, do outro lado do Jockey Club.

O edifício faz parte da massa falida do Banco Santos, que teve sua falência decretada em 2005, e o dono Edemar Cid Ferreira, preso.

As famílias que ocupam o local saíram de outra invasão, na região da Barra Funda. Fabrício Mendes da Silva, integrante da invasão, conta que o grupo é composto especialmente de famílias, filhos e mães solteiras.

Muitas crianças não têm frequentado a escola pois já estavam matriculadas em colégios da região da Barra Funda, que agora ficou muito longe da moradia temporária.

Os sem-teto do movimento Terra Livre pedem à prefeitura para participar do leilão do prédio, estimado em R$18 milhões.