Grupo radical Estado Islâmico já controla 35% do território sírio

  • Por Agencia EFE
  • 18/07/2014 11h42

Beirute, 18 jul (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) controla 35% do território sírio, após os últimos avanços da milícia nas províncias de Deir ez Zor e Homs, ambas na fronteira com o Iraque, informou nesta sexta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo a ONG, os jihadistas tomaram hoje vários povoados no oeste de Deir ez Zor.

O EI conquistou as localidades após os combatentes do grupo rival Frente al Nusra, filial da Al Qaeda na Síria, e seus aliados entregarem suas armas.

O Observatório acrescentou que alguns membros da Frente al Nusra se negaram a entregar as armas e recuaram em direção à província de Aleppo.

Após as conquistas, o EI controla toda província de Deir ez Zor com exceção das áreas em poder das forças do regime de Bashar al Assad.

As zonas controladas pelo governo se limitam a alguns bairros dentro da cidade de Deir ez Zor, capital provincial, além do aeroporto militar e da base da brigada governamental encarregada de proteger a instalação aeroportuária.

Hoje foram registrados combates entre os extremistas e as forças do regime nas imediações destas instalações.

Além disso, os soldados governamentais dominam duas pequenas localidades nas cercanias do aeroporto.

O EI proclamou no final de junho um “califado islâmico” no Iraque e na Síria. EFE