“Guerra pela Vida” pode ser usado para tratar dependentes, diz psicoterapeuta

  • Por Jovem Pan
  • 27/01/2017 21h55 - Atualizado em 11/05/2017 16h18
Guerra pela Vida é um livro do Instituto JP

O psicoterapeuta, Paulo Campos, especialista em entorpecentes, diz que livro Guerra pela Vida, do Instituto Jovem Pan, da escritora Izilda Alves, pode ser utilizado como didática no tratamento de dependentes químicos.

“As experiências transmitidas por pessoas que passaram por esta doença ativa, a experiência dessas pessoas também em recuperação, elas servem para profissionais que trabalham com dinâmicas, que trabalham com experiências motivacionais, e vão demonstrar a passagem na ativa dessas pessoas, como elas fizeram também pra se recuperar”, disse Campos.

O livro foi formulado após 12 anos de campanha da Jovem Pan, quando a emissora atingiu meio milhão de pessoas durante caravanas, em escolas de 39 cidades.

O material, pulicado pela Editora Savier, está nas livrarias Cultura e Saraiva.