Honduras detém 75 cubanos imigrantes ilegais que se dirigiam aos EUA

  • Por Agencia EFE
  • 08/07/2014 20h14

Tegucigalpa, 8 jul (EFE).- As autoridades de Honduras detiveram nesta terça-feira 75 cubanos imigrantes ilegais, inclusive um menor de dois anos, quando tentavam entrar nos Estados Unidos de maneira ilegal, informou uma fonte oficial.

Um grupo de 15 caribenhos – dez homens, quatro mulheres e uma criança de dois anos – foi detido na alfândega de Agua Caliente, na fronteira entre Honduras e Guatemala, após um controle policial de rotina, declarou a jornalistas o porta-voz policial.

Outros 27 cubanos chegaram nesta terça-feira em balsa à ilha de Guanaja, no Caribe de Honduras, enquanto outros 33 caribenhos desembarcaram em Puerto Cortés, no norte, acrescentou a fonte, que não deu mais detalhes.

O informante indicou que nenhum dos cubanos portava documentos, de modo que foram remetidos a uma dependência do Escritório de Migração e de Estrangeiros para que defina sua situação migratória no país centro-americano.

Segundo autoridades locais, Honduras se transformou nos últimos anos em um ponto de passagem de imigrantes, especialmente cubanos, que abandonam seu país para ir aos Estados Unidos, e só neste ano os caribenhos detidos já somam mais de 700. EFE