Hospitais no Brasil oferecem duas vezes menos leitos que os de países ricos

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2014 08h47

O número de leitos em hospitais públicos e privados no Brasil é duas vezes menor do que o oferecido em instituições de saúde no primeiro mundo. Os dados revelam a precariedade do setor no país com a falta de investimentos e o envelhecimento da população.

O SUS oferta, por exemplo, duas vírgula uma vagas a cada mil habitantes e na rede particular são 2,6. O presidente da Associação Nacional de Hospitais Privados, Francisco Balestrin, ressaltou que os dados comparativos surpreendem.

Balestrin lembrou que enquanto os hospitais dos Estados Unidos têm 161 leitos, o número médio nacional é de 71. Em entrevista a Renata Gáspari, o presidente da Associação Médica Brasileira, Florentino Cardoso, avaliou que a saúde no país vive um caos.

O presidente da Associação Médica Brasileira, Florentino Cardoso, apontou que falta ao país uma política de estado para resolver de vez a crise no setor. A Organização Mundial de Saúde  recomenda de três a cinco leitos para cada mil habitantes.