Hungria intercepta número recorde de 3.241 imigrantes ilegais em 1 dia

  • Por Agencia EFE
  • 27/08/2015 06h40

Budapeste, 27 ago (EFE).- A polícia húngara interceptou ontem 3.241 pessoas, entre elas 700 menores, após atravessarem a fronteira da Sérvia de maneira ilegal, um número que representa um recorde de entradas no país em um só dia, informaram nesta quinta-feira as forças de segurança.

Este elevado número se deve ao fato de que os 7.000 refugiados que no fim de semana passado passaram da Macedônia à Sérvia já chegaram à fronteira húngara.

Como nas semanas anteriores, os recém chegados provêm em sua maioria de países em conflito, como Síria, Afeganistão e Paquistão, e esperam solicitar asilo em algum país da União Europeia (UE).

Mais de 130.000 refugiados entraram na Hungria neste ano, embora em sua grande maioria abandonem o país poucos dias depois e sigam rumo a países mais ricos da UE, como Alemanha, Áustria e os países escandinavos.

O governo de Budapeste, que finaliza a instalação de uma cerca de 175 quilômetros ao longo de sua fronteira com a Sérvia, anunciou ontem que mobilizará mais de 2.000 policiais para reforçar a defesa de suas fronteiras e também cogita utilizar o exército.

A Áustria recebe hoje uma cúpula regional dos Bálcãs, centrada na crise dos refugiados, da qual participará, entre outros líderes, a chanceler alemã, Angela Merkel. EFE