Identificados supostos autores de atentado em Paris, segundo imprensa francesa

  • Por EFE
  • 07/01/2015 19h29
Ataque à revista deixa mortos na capital da França

Os três supostos autores do atentado à sede da revista “Charlie Hebdo”, em Paris, que causou a morte de 12 pessoas, já foram identificados, segundo grande parte da imprensa francesa.

O site do jornal “Metronews” explica que os suspeitos são três homens de 34, 32 e 18 anos com antecedentes por cooperação com redes jihadistas.

De acordo com a publicação, os dois primeiros seriam os irmãos Said K. e Chérif K. de nacionalidade francesa, e o mais jovem seria Hamyd M., cujo país de origem é desconhecido.

Este último estava matriculado no ano passado em uma escola de ensino médio em Reims (norte da França), segundo essas informações, que não foram confirmadas oficialmente.

Chérif K. foi julgado em 2005 por fazer parte de uma célula de envio de jihadistas ao Iraque que teria recrutado dez jovens para combater no Iraque entre 2003 e 2005. Ele foi condenado a três anos de prisão, metade deles isenta de cumprimento.

Já a revista “Le Point” indicou que os suspeitos puderam ser identificados graças a uma carteira de identidade encontrada no veículo no qual os três fugiram do local e com o qual colidiram com outro carro no nordeste de Paris.

O governo francês elevou ao nível máximo o alerta antiterrorista e mobilizou mais de 3 mil membros das forças de segurança na operação de busca e captura dos autores do atentado.