Ilan Goldfajn é indicado para a presidência do Banco Central

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2016 08h52
Ilan Goldfajn - Youtube

O economista Ilan Goldfajn foi indicado nesta terça-feira (17) para a presidência do Banco Central.

Ele terá que ser sabatinado e ter o nome aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O anúncio do nome foi feito pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em Brasília.

Goldfajn entra no lugar do atual presidente, Alexandre Tombini. O sócio do Itaú Unibanco já exerceu o cargo de diretor de Política Econômica do Banco Central entre os anos de 200 e 2003. Entre 1996 e 1999, Goldfajn trablhou no Fundo Monteário Internacional.

Mais um nome confirmado na equipe econômica no Governo Temer é o de Tarcísio Godoy, que será o secretário-executivo do Ministério da Fazenda.

Tarcísio Godoy já ocupou a mesma cadeira até o final do ano passado durante a gestão de Joaquim Levy.

O Banco Central agora perde o status de ministério, segundo o presidnete em exercício Michel Temer, no entanto, presidente e diretores mantêm prerrogativa de foro.

*Com informações de Agência Brasil