Imigrantes desaparecem após naufrágio no litoral da Líbia

  • Por Agencia EFE
  • 04/09/2015 10h00

Roma, 4 set (EFE).- Cerca de 40 imigrantes estão desaparecidos após o naufrágio de um bote inflável no qual navegavam no litoral da Líbia, segundo informaram alguns dos 91 sobreviventes ao pessoal da Organização Internacional de Migrações (OIM).

Os 91 imigrantes foram resgatados durante a madrugada pela Guarda Costeira italiana quando estavam a bordo de um bote inflável que estava quase afundando e referiram que a bordo viajavam entre 130 e 140 pessoas e que muitas teriam se afogado.

A Guarda Costeira explicou posteriormente que realizava buscas para localizar os possíveis desaparecidos e os sobreviventes foram acompanhados à ilha italiana de Lampedusa.

Em outro resgate feito durante a madrugada foram socorridos 104 imigrantes, entre eles uma mulher que deu à luz na embarcação da Guarda Costeira.

Tanto a mãe como o bebê estão em boas condições e hoje desembarcaram em Lampedusa.

Estes dois últimos resgates se somam às 12 operações efetuadas nos últimas 36 horas no canal da Sicília e que concluíram com um total de 2.912 imigrantes socorridos.

Até ontem, tinham sido recuperados 115.544 pessoas que tentavam atravessar o Mediterrâneo com destino ao litoral italiano. EFE

ccg/ma