Índia comemora Dia da República com desfiles por todo o país

  • Por Agencia EFE
  • 26/01/2014 07h29

Nova Délhi, 26 jan (EFE).- A Índia comemora neste domingo o Dia da República, que lembra a entrada em vigor de sua Constituição em 1950, com um desfile na capital de forte tom militar e que contou com a presença do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Abe, em visita oficial no gigante asiático, presenciou as comemorações acompanhado das principais autoridades indianas, lideradas pelo presidente, Pranab Mukherjee, e do primeiro-ministro, Manmohan Singh.

No desfile de Nova Délhi estiveram presentes os diversos braços do Exército indiano mostrando o poderio militar do país e, como é habitual, finalizou com uma exibição de aparelhos das Forças Aéreas.

Os atos oficiais começaram com a homenagem das autoridades perante o túmulo do soldado desconhecido, localizado no emblemático arco da Porta da Índia, no coração da cidade.

O percurso da marcha culminou por volta do meio-dia local no famoso Forte Vermelho e foi seguida por milhares de moradores locais que desafiaram as baixas temperaturas da capital.

O desfile incluiu também mostras da diversidade cultural e étnica do gigante asiático.

As comemorações do Dia da República se estenderam por todo o território indiano com desfiles nas principais cidades do país, embora também tenha sido registrado algum incidente violento, segundo informações da imprensa local.

No estado de Manipur aconteceu esta manhã a explosão de uma bomba perto da residência do ministro-chefe da região, Okram Ibobi Singh, aparentemente realizada por insurgentes, de acordo com a Polícia local.

Manipur é um dos sete estados do noroeste do país unidos ao resto da Índia por um estreito corredor e que integram um mosaico de etnias culturalmente afastadas da maior parte das comunidades indianas no qual operam grupos armados independentistas. EFE