Irma vai “devastar” a Flórida, segundo autoridades americanas

  • Por Jovem Pan
  • 08/09/2017 11h05
Furacão Irma preocupa as autoridades dos EUA

Segundo uma agência federal americana, a US Federal Emergency Agency, o furacão Irma “irá devastar” a Flórida ou os estados vizinhos, ainda segundo as autoridades, partes da Flórida estarão sem energia elétrica por dias, e pelo menos 100 mil pessoas devem precisar de abrigo.

Em St Martin, ilha caribenha que foi destruída pelo Irma, relatos de saques feitos pelos moradores que estão sem energia, água tratada e transportes. mais de um milhão de pessoas já foi afetada pelo furacão mesmo antes de chegar nos EUA e 19 mortes já foram contabilizadas.

Apesar de ter sido “rebaixado” do nível 5 para o nível 4, ainda trata-se de um fenômeno com grande poder de destruição.

O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA diz que Irma ocasionará ventos com velocidades de quase 300km/h. Pelo menos meio milhão de pessoas saíram ou terão saído do Sul da Flórida até o fim de semana.

O ministro do Interior da França [país do qual uma parte da ilha de St. Martin faz parte], Gerard Collomb, disse que nove pessoas estavam mortas e sete desaparecidas nos territórios franceses . Autoridades francesas na ilha disseram 60% das casas em St Martin ficaram “inabitáveis” após a passagem do furacão.

O consulado geral dos EUA em Curaçao disse acreditar que cerca de 6.000 americanos estão presos em St Martin. As autoridades militares francesas, britânicas e holandesas estão enviando ajuda – incluindo navios de guerra e aviões equipados com comida, água e tropas – para a região.

A tempestade, que atacou as Ilhas Turcas e Caicos e trouxe chuva torrencial para a República Dominicana e  Haiti, ruma agora para Cuba e as Bahamas.
Cerca de 50 mil turistas estão deixando Cuba, deixando os hotéis vazios, segundo a Reuters.