Israel construirá muro na fronteira com a Jordânia

  • Por Agencia EFE
  • 29/06/2015 11h06

Jerusalém, 29 jun (EFE).- Israel irá erguer um muro de 30 quilômetros na fronteira com a Jordânia, uma continuação do que tem com o Egito, ao sul da cidade de Eilat, por questões de segurança, informou nesta segunda-feira o escritório do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

A proposta foi aprovada pelo Gabinete de Segurança, que também deu sinal verde à liberação dos recursos necessários para o início da construção.

“O governo israelense se manteve em contato com o jordaniano sobre este tema” informa a nota, que acrescenta que o muro “está totalmente do lado israelense da fronteira” e que não danificará a “soberania do Reino Hachemita da Jordânia nem seus interesses nacionais”.

A barreira “faz parte da segurança nacional” israelense, diz o documento, e será erguida nas proximidades do aeroporto de Timna, previsto para ser inaugurado no ano que vem.

Trata-se da continuação de outra cerca já existente de mais de 230 quilômetros, na fronteira com o Egito. Israel também tem outra separação deste tipo nas Colinas de Golã, território sírio que ocupa.

Há algum tempo, o país havia anunciado a intenção de melhorar as condições da cerca existente com o Egito também na fronteira com a Jordânia e, meses atrás, a imprensa revelou que militares tinham aprovado o projeto para construi-la nessa região. EFE