Itália resgata 2.912 pessoas nas últimas horas no Canal da Sicília

  • Por Agencia EFE
  • 03/09/2015 11h20

Roma, 3 set (EFE).- Ao todo, 2.912 imigrantes foram resgatados em 12 operações entre ontem e hoje quando navegavam pelo Canal da Sicília, informou a Guarda Costeira italiana.

Hoje, o navio “Dattilo”, da Capitania dos Portos, socorreu 838 pessoas que estavam a bordo de três embarcações à deriva a poucos quilômetros do litoral da Líbia e que agora se dirigem ao porto de Messina. Nestas operações também participaram a Guarda Costeira e a Marinha italiana, dois navios da organização Médicos sem Fronteiras, “Bourbon Argos” e “Dignity I”, e o “Nave Phoenix” da organização Migrant Offshore Aid Station.

Mais cedo, 775 imigrantes e seis corpos, que tinham sido encontrados em outros resgates, chegaram a Cagliari, na Sardenha.

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, comunicou hoje que neste ano 115.544 pessoas que tentavam atravessar o Mar Mediterrâneo com destino ao litoral italiano foram recuperadas. EFE

ccg/cdr