Jihadistas abrem “escritório matrimonial” para solteiras e viúvas na Síria

  • Por Agencia EFE
  • 28/07/2014 12h42

Beirute, 28 jul (EFE).- O grupo radical Estado Islâmico (EI) abriu “um escritório matrimonial” para solteiras e viúvas na cidade de Al Bab, no leste da província síria de Aleppo, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG, que citou fontes da região, assinalou que o objetivo da iniciativa é encontrar maridos combatentes do EI para as mulheres que pedirem.

Para isso, as interessadas devem se registrar nesse escritório, com categoria de “tribunal” do EI, e dar seu nome, pedido e endereço para que mais tarde sejam comprometidas oficialmente com um militante jihadista.

Por outro lado, o Observatório afirmou que o EI matou hoje dois homens na praça de Martu, em Al Bab, aos quais havia acusado de apostasia e de lutar com outras facções rivais.

As duas vítimas foram assassinadas com arma branca, ao contrário de outras executadas no mesmo lugar que foram mortas com armas de fogo.

O EI, de ideologia extremista sunita, proclamou no final de junho um “califado islâmico” em áreas do Iraque e Síria onde prossegue sua ofensiva. EFE